Blog

Pós-eleições, empresas brasileiras se mobilizam para vender ações e refinanciar dívidas.

Postado em: 04 de Novembro de 2018

REUTERS

Por Tatiana Bautzer e Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) - As empresas brasileiras voltaram a avaliar a venda de ações ou o refinanciamento de dívida à medida que as incertezas eleitorais, que paralisaram essas negociações, dão lugar a um otimismo após eleição do candidato preferido do mercado Jair Bolsonaro (PSL) como presidente da República, disseram cinco pessoas familiarizadas com o assunto à Reuters.

Uma das fontes, que pediu anonimato para dar detalhes das negociações sigilosas, disse que até 10 empresas discutem com banqueiros de investimento a venda de ações e outras cinco empresas avaliam transações com bônus até janeiro.

"Os bancos estão aconselhando as empresas a acessar os mercados de capitais até o final do ano ou no primeiro trimestre de 2019, durante a lua de mel dos investidores com o compromisso do Bolsonaro com políticas favoráveis ​​ao mercado", acrescentou a fonte. "É difícil dizer quanto tempo (a lua de mel) vai durar."

Os sinais de ressurgimento do mercado de capitais pós-eleições ressaltam o papel que o risco político e incertezas desempenham nas decisões dos investidores sobre dívida corporativa e ações no Brasil, a maior economia da América Latina.

Algumas das ofertas de ações previstas para os próximos meses já estavam em andamento, mas tiveram que ser suspensas por causa da volatilidade pré-eleitoral.

Entre as empresas que planejam ofertas públicas iniciais até o final do ano estão o banco de porte médio BMG e a empresa de tecnologia da informação Tivit Terceirização de Processos, Serviços e Tecnologia.

A holding de energia Neoenergia, controlada pela espanhola Iberdrola, também pode tentar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) no primeiro trimestre, disseram duas das fontes que pediram anonimato. A oferta da Neoenergia foi suspensa duas vezes nos últimos dois anos porque os acionistas não puderam obter o valor que desejavam.

A distribuidora de eletricidade Light, já listada, também revelou planos para uma oferta de ações.

No ano passado, 34 empresas levantaram 12,8 bilhões de dólares com ofertas de ações, segundo dados da Refinitiv. Até agora neste ano, o montante arrecadado foi apenas metade disso - 6,3 bilhões de dólares em 14 ofertas.

Após a eleição, um número maior de empresas listadas em bolsa no Brasil podem se beneficiar das melhores condições de mercado para levantar capital.

As fontes disseram que empresas de energia, como a Equatorial Energia e Energisa, que precisam de capital para financiar aquisições e licitações em leilões do governo, poderiam vender ações adicionais. Energisa e Equatorial não comentaram o assunto.

REFINANCIAMENTO DE DÍVIDA
A dívida corporativa também pode experimentar um renascimento graças à vitória de Bolsonaro.

As emissões de bônus brasileiros no exterior, incluindo instrumentos soberanos, totalizaram 17 bilhões de dólares até setembro, uma queda de 53 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

No último mês, à medida que a eleição de Bolsonaro se tornava mais provável, os credit default swaps (CDS) de cinco anos da dívida soberana brasileira caíram 21 por cento. O CDS é um derivativo financeiro que efetivamente funciona como um seguro contra o não pagamento de títulos e outros instrumentos de crédito.

O spread soberano brasileiro sobre os rendimentos do Tesouro fechou em 228 pontos base na quinta-feira.

As fontes disseram que os maiores emissores de títulos do Brasil devem aproveitar a oportunidade para refinanciar a dívida em condições mais favoráveis.

A primeira companhia a oferecer títulos após a eleição pode ser a empresa de infraestrutura Invepar, que deve colocar 650 milhões de dólares em títulos a partir da próxima semana. A Invepar adiou sua oferta de outubro para este mês e ainda está em negociações com investidores, que exigiram rendimentos de até 10 por cento.

A Invepar não comentou imediatamente sobre o assunto.

A Petrobras anunciou na quarta-feira que refinanciou 1 bilhão de dólares em empréstimos bancários a custos mais baixos.

Até o momento, a Petrobras não anunciou nenhuma nova emissão.

Outra empresa que está reduzindo o custo da dívida é a mineradora Vale, disseram os banqueiros. O vice-presidente financeiro da Vale, Luciano Siani, afirmou em entrevista que a empresa atingiu sua meta de endividamento líquido antes do previsto. A empresa está cautelosa quanto a novas dívidas por causa do aumento das taxas de juros de referência nos Estados Unidos.

https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/politica-economia/224441-pos-eleicoes-empresas-brasileiras-se-mobilizam-para-vender-acoes-e-refinanciar-dividas.html#.W-Ar68K1upo




Postagens
mais recentes

12NOV18
+
Inadimplência atinge 62 milhões de brasileiros e afeta 3% do crédito.

"A crise, de 2014 pra cá, colocou mais 10 milhões na inadimplência", disse Luiz Rabi, economista da Sera...

08NOV18
+
Justiça determina penhora da taça do Mundial de Clubes de 2012 do Corinthians.

Universidade cobra dívida do clube, no valor de R$ 2,48 milhões, há dez anos. ...

05NOV18
+
Superendividados: 30 milhões já não podem mais pagar suas dívidas.

Quase 15% da população se encontra em uma bola de neve financeira, sem condições de paga...

30OUT18
+
Copom mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano.

Decisão anunciada nesta quarta-feira já era esperada pelo mercado. É a quinta vez consecutiva que o com...

29OUT18
+
Inadimplência de empresas cai 13% em 4 trimestres, diz Boa Vista/SCPC.

A inadimplência das empresas no País caiu 13,1% no acumulado em quatro trimestres, de acordo com dados nacionai...

26OUT18
+
Inadimplências das empresas recua 14,1% no ano, aponta Boavista.

No acumulado em quatro trimestres, inadimplência recuou 13,1%. Por G! A inadimplência das empres...

24OUT18
+
Inadimplência volta a subir em agosto na cidade de SP.

Por Jovem Pan 24/10/2018 A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo subiu 1,7% em agosto na c...

22OUT18
+
Netflix vai emitir US$ 2 bi de dívida e fala em aquisição de empresas.

Da Redação 22 de outubro de 2018 Netflix diz que dinheiro será usado para dive...

18OUT18
+
Fitch vê um panorama de crédito mais difícil para a América Latina.

Publicado em 18/10/18 às 14:46 Agência informa que avaliação do cenário &e...

16OUT18
+
62 milhões de brasileiros estão com nome sujo, aponta SPC.

Desemprego e a baixa renda são os principais fatores para o problema, de acordo com SPC Brasil. ...

15OUT18
+
Inadimplência entre idosos é a que mais sobe no país.

15.10.2018 Calote dos consumidores de 65 a 84 anos cresceu 10% em setembro; ‘emprestar’ nome par...

11OUT18
+
Construtora inclui patrimônio de afetação em recuperação judicial.

Texto: Yuri Soares Decisão do Tribunal de Justiça do DF autoriza empresa a incluir em seu processo os ...

10OUT18
+
Rede de varejo norte-americana Sears está perto da falência e de pedir recuperação judicial.

Dívidas da rede já somam US$ 5,6 bilhões. Júlia Miozzo,10 out, 20...

08OUT18
+
MP sobre renegociação de dívidas rurais tranca a pauta do Plenário nesta terça.

Da Redação | 08/10/2018 O Plenário do Senado vai se reunir pela primeira vez após as ele...

05OUT18
+
Banco Central decreta liquidação extrajudicial da corretora Walpires.

Segundo comunicado da instituição, o decreto leva em conta a "grave situação patrimonial...

04OUT18
+
Empresas optantes pelo Simples Nacional terão 30 dias para negociar débitos.

O prazo começa a contar a partir do momento em que o devedor receber a notificação 04/10/2018

02OUT18
+
JBS adere a programa de renegociação de dívidas do Funrural no valor de R$2,4 bi.

REUTERS | Ações 02.10.2018 SÃO PAULO (Reuters) - A JBS (SA:JBSS3) aderiu ao programa de regular...

01OUT18
+
Renegociação de recuperações judiciais tem alta de 50%.

Planos “irreais” e frustrações no mercado estão por trás das dificuldades de...

28SET18
+
Inadimplência das empresas cresce 10,2% em agosto.

Setembro 27, 2018 Em agosto de 2018, o Brasil registrou um novo recorde na inadimplência das micro e pequenas ...

26SET18
+
Banco Central diz que inadimplência segue no menor nível histórico.

Publicado em 26/09/2018Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil Brasília A in...

24SET18
+
Número de empresas negativadas bate recorde em agosto, diz Serasa.

Apesar do recorde, alta de 0,4% em relação a julho pode indicar uma estabilização do n&u...

20SET18
+
Dívidas judicializadas de clientes com os Correios chegam a mais de R$ 100 mil no AP.

Estatal iniciou programa de renegociação de dívidas contraídas pelos clientes. No Amap&a...

20SET18
+
Corinthians não paga dívida de R$ 3,9 mil com empresa de marmitas e volta a ter contas bloqueadas, diz jornal.

O Corinthians voltou a ter suas contas bloqueadas pela Justiça de São Paulo. A edição desta quin...

18SET18
+
Demanda por crédito tem alta de 3,8%.

A quantidade de pessoas que buscou crédito avançou 3,8% em agosto deste ano em relação ao m&ecir...

17SET18
+
Ações judiciais por inadimplência em condomínios crescem em SP.

Texto: Yuri Soares De acordo com levantamento do Secovi-SP, 1.093 processos foram apurados em agosto, contra 951 no ...

17SET18
+
Receita Federal notifica 716 mil empresas do Simples Nacional para cobrar dívidas que somam R$ 19,5 bilhões.

Empresas que não regularizarem situação serão excluídas do Simples Nacional (regime simpl...

13SET18
+
Vendas do varejo e inadimplência expõem economia sem condições de arranque.

Cida Damasco 13 Setembro 2018 Está difícil identificar algum sinal favorável d...

06SET18
+
Correios voltam a renegociar dívidas com clientes.

Em dezembro de 2017, a empresa tinha um total de R$ 1,2 bilhão para receber. É a segunda vez que a est...

31AGO18
+
Demanda por crédito das empresas cresce 3,4 pontos em julho.

Após um período de retração, o mercado começa a dar sinais de retomada das concessõ...

30AGO18
+
Número de empresas inadimplentes cresce 9,38% em julho.

O número de empresas com contas em atraso e registradas nos cadastros de inadimplentes cresceu 9,38% em julho de 2018...

26AGO18
+
O que é inadimplência e como ela afeta sua vida?

Manter o nome limpo facilita na realização dos sonhos e objetivos O Brasil tem milhões de consu...

17AGO18
+
Inadimplência das empresas diminui 15,0% no acumulado em 4 trimestres, diz Boa Vista SCPC.

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 15,0% no acumulado em 4 trimestres, de acordo com dados nacion...

17AGO18
+
Justiça defere pedido de recuperação judicial do Grupo Abril.

Empresa demitiu 800 funcionários. Advogados explicam como o processo afeta o recebimento de verbas trabalhist...

13AGO18
+
Inadimplência de micro e pequenas empresas bate novo recorde em junho, diz Serasa.

Em junho, eram 5,174 milhões de MPEs com dívidas atrasadas, alta de 1% na comparação com...